top of page

GINECOMASTIA

A ginecomastia é o crescimento benigno das glândulas mamárias masculinas. Essa condição afeta cerca de 40 % dos homens adultos. 

Entre os fatores que causam a ginecomastia, destacam-se:

  • Aumento de estrógenos

  • Diminuição de andrógenos

  • Déficit nos receptores androgênicos

  • Uso descontrolado de álcool

  • Uso de entorpecentes e anabolizantes

  • Sobrepeso

O principal problema gerado pela ginecomastia é o desconforto emocional, no que diz respeito a autoestima.

Felizmente, existem tratamentos, tanto com medicamentos quanto cirurgias de ginecomastia, cada um deles indicado por um médico, que faz o diagnóstico pessoal e específico.

COMO É A CIRURGIA PARA CORREÇÃO DE GINECOMASTIA?

Lipoaspiração: é feita quando o aumento das mamas é decorrente do acúmulo de gordura causando aumento excessivo dessa parte do corpo

 

Remoção das glândulas mamárias:  esse método é usado quando o aumento das mamas se dá por origem glandular.

Misto: na grande maioria dos casos a ginecomastia acontece devido a um aumento tanto do volume de gordura como da glandula mamária. Desta forma, o cirurgião plástico pode conciliar as duas técnicas para um resultado ainda mais satisfatório.

ONDE SE LOCALIZAM AS CICATRIZES?
As cicatrizes podem ser peri-areolares, quando houver a necessidade de ressecção de glândula, ou pequenas incisões de cerca de 1cm nos sulcos mamários, quando optar-se pela lipoaspiração apenas.

COMO FICARÃO AS CICATRIZES?
As cicatrizes serão permanentes, e vão se modificando com o decorrer do tempo. Cada paciente comporta-se diferentemente de outro, em relação à evolução das cicatrizes, podendo, mesmo, em alguns casos, tornar-se imperceptível.

Certos pacientes podem apresentar tendência à cicatrização inestética (cicatriz hipertrófica e quelóide). Este fato deverá ser discutido, durante a consulta inicial, bem como suas características familiares.
Vários recursos clínicos e cirúrgicos nos permitem melhorar tais cicatrizes inestéticas, na época adequada. A cicatriz hipertrófica ou quelóide, não devem ser confundidas, entretanto, com a evolução natural do período mediato da cicatrização. Qualquer dúvida a respeito da sua evolução cicatricial deverá ser esclarecida durante seus retornos pós-operatórios, quando se pode fazer a avaliação da fase em que se encontra.

EXISTE CORREÇÃO PARA CICATRIZES HIPERTRÓFICAS E QUELÓIDES?
Vários recursos clínicos e cirúrgicos nos permitem melhorar tais cicatrizes inestéticas, na época adequada. Não se deve confundir, entretanto, o “período mediato” da cicatrização normal (do 30º dia até o 12º mês) como sendo uma complicação cicatricial. Qualquer dúvida a respeito da sua evolução deverá ser esclarecida com seu médico.

COMO FICARÃO AS MAMAS NO PÓS-OPERATÓRIO?
O intuito da cirurgia é proporcionar uma harmonia entre o volume das mamas e o tamanho do tórax. A mama operada passará por vários períodos evolutivos em função do processo cicatricial.

• PERÍODO IMEDIATO: Vai até o 30º dia. Neste Período, apesar das mamas se apresentarem com aspecto melhorado, sua forma e volume ainda estão aquém do resultado planejado.

• PERÍODO MEDIATO: Vai do 30º dia até o 3º mês - Neste período, a mama começa a apresentar uma evolução que tende à forma definitiva. Ainda existe, neste período, um certo grau de “inchaço” das mamas; além disso, o aspecto cicatricial encontra-se em plena fase de transição.

• PERÍODO TARDIO: Vai do 3º até o 18º mês. É o período em que a mama atinge seu aspecto definitivo (cicatriz, forma, consistência, volume, sensibilidade, etc.).

QUAL O TIPO DA ANESTESIA UTILIZADA?
Normalmente local ou peridural com sedação. A anestesia geral pode ser utilizada em alguns casos.

QUANTO TEMPO DURA O ATO CIRÚRGICO?
Em média de 1 à 2 horas. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois, esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória.

QUAL O PERÍODO DE INTERNAÇÃO?
Geralmente de 12 a 24 horas.

O PÓS-OPERATÓRIO DESTA CIRÚRGICA É DOLOROSO?
Eventualmente poderá ocorrer manifestação dolorosa, geralmente associada ao movimento dos braços que costuma regredir com analgésicos comuns.

SÃO UTILIZADOS CURATIVOS?
Sim. Curativos elásticos e/ou modelantes, que devem ser trocados pela equipe médica. Além do uso de malhas compressivas modeladoras por aproximadamente 30 dias.

QUANDO SÃO RETIRADOS OS PONTOS?
Entre o 8o. e o 14o. dia pós-operatório.

QUANDO PODEREI RETORNAR AOS MEUS EXERCÍCIOS?
Depende do tipo de exercícios e da evolução individual, não existe um período padrão. Exercícios pesados devem aguardar de 30 a 45 dias.

ESCLAREÇA AS SUAS DÚVIDAS

Success! Message received.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Segunda a Sexta-Feira

Das 8h às 18h 

ENDEREÇO

Rua da Paz, 1601 sala 1101 - Chácara Santo Antônio - São Paulo - SP - CEP: 04713-002

AGENDAMENTO DE CONSULTAS

WhatsApp / Telefone +55 11 4570-0060

SIGA-NOS

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Branca ícone do YouTube
_DSC1457.jpg

Dr. Marco Aurélio Guidugli

Médico com mais de 17 anos de Experiência formado pela UNICAMP e mais de 12.000 cirurgias realizadas. Cirurgião Plástico Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Especialista em Cirurgias de Mama e Contorno Corporal. Realiza as suas cirurgias no Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Alemão Oswaldo Cruz e Hospital São Luiz.

ONDE ESTAMOS

bottom of page